Entrelaço

2013

Entrelaço, de Anderson Couto, feita para a companhia que leva seu nome, tem como fio condutor os relacionamentos humanos, seus encontros e desencontros. Nesse espetáculo, criado em 2013, e que marca a estreia do grupo, seis bailarinos exploram ora os limites do movimento ora as delicadezas e as angústias dos gestos em duos, trios e quartetos, ligados pela fluidez dos corpos no espaço.

“Parti de sensações e sonhos pessoais dos intérpretes para criar esta obra. Transformamos as histórias vividas em movimento”, diz o coreógrafo. “Em Entrelaço o gesto é contínuo, reverbera no corpo do outro transformando o movimento a cada apresentação”, fala o coreógrafo.

Nesses encontros e desencontros, a trilha sonora, especialmente composta, costura as cenas e a luz cria diferentes ambientes para que a dança aconteça. Para Couto, a dança precisa comunicar, tocar quem dança e quem a assiste.

Ficha técnica

Direção Geral: Anderson Couto e Ana Cláudia Burattini

Direção Artística: Anderson Couto

Direção Executiva: Ana Cláudia Burattini

Produção: Alex Candido, Bruna Nogueira e Renan Rodrigues

Coreografias: Anderson Couto

Direção Técnica: Kazuo sugo

Roteiro e Argumento: Anderson Couto

Redação: Alex Candido

Figurinos: Ana Cláudia Burattini e Ximena Zúñiga

Trilha Sonora: Amiina, Sigur Rós, Max Richter, Saint Privat, Mandlovu e Jami Siebe

Bailarinos: Alan Melo, Jode Manzato, Kauê Ribeiro, Lenon Vitorino, Monise Marques, Patrícia Rodrigues, Rene Sato, Taís Fonseca